Out
02
2009

Silheda entra na política estatal

Suponho que a estas alturas a gente saberá que em Silheda leva tempo a fraguar-se umha moçom de censura por parte do PP e contra o bipartito PSOE (corrigido, ponhia PSOE-BNG. Governava o PSOE em minoria).Todos os rumores apontam a que a idea e pressom da moçom é de Rafael Louzán, presidente da Deputaçom de Ponte-Vedra e dos populares da província. Ainda que o PP assinou o pacto antitransfuguismo, era a sua cúpula a instigadora (segundo a rumorologia, repito, e a própria regedora de Silheda). Mas qando tudo estava a ponto, saltou a lebre. Resulta que uns tránsfugas se iam aliar com concelheiros escindidos do PSOE para fazer umha moçom de censura em Benidorm, cousa pola que protestou o PP apelando ao pacto mencionado. A resposta do PSOE foi clara: o PP que estea calado, porque tenhem em marcha umha moçom em Silheda coa que também incumplem o pacto. Por outra banda, os doce concelhais do PSOE em Benidorm derom-se de baixa do partido, polo que, em princípio, a moçom nom é responsabilidade do PSOE. Assim, ao PP nom lhe ficou outro remédio que parar a moçom de Silheda para poder seguir botando pestes do PSOE a nível estatal. Ainda que o dixerom coa boca pequena (leam entre linhas), mentres lançam acusaçons graves contra edís silhedenses, ainda que nom acodam aos tribunais para demonstra-lo, como sim fez a alcaldesa.

Polo momento a cousa está mais ou menos parada, ainda que o senhor Louzán segue a fazer declaraçons nas que dá a entender que está dacordo e que, de poder, instigaria moçons também en sítios como A Estrada. Aguardemos que nom haja tránsfugas para apoiar essas cousas.

Actualizaçom:

A moçom já foi apresentada da mam da futura alcaldesa, Ofelia Rey, e conta com o apoio de ela e outro escindido do PSOE e outros 5 concelheiros do PP que, segundo a plana maior do partido, já forom expulsados do mesmo. O pleno terá lugar o 19 deste mes.

Written by chimpin in: Geral | Etiquetas: , , , ,

2 Comments

  • unha pequena aclaración
    o goberno de Silleda non é un bipartito. O PSOE tivo 5 concelleiros/as e gobernou como a lista máis votada. Creo (desde a distancia) que a alcaldesa é bastante querida polo pobo, que tiña ganas de cambio, o que ocorre e que ás veces hai que mirar ben a quen se escolle como compaña para a viaxe. A futura alcaldesa e mais outro concelleiro, que abandonaron o grupo de goberno, pertencían a un partido \independente\ o CIS, que nas anteriores tivera varios representantes. Agora como os ventos da Xunta viraron, entre outras cousas, supoño…, pois alá vai…

    Comment | 7 Outubro 2009
  • Obrigado pola aclaraçom. Corrigido. E aproveito para actualizar a entrada coas últimas novas.

    Comment | 7 Outubro 2009

RSS feed for comments on this post.

Sorry, the comment form is closed at this time.

Powered by WordPress | Aeros Theme | TheBuckmaker.com WordPress Themes